img - A cabeça do site

A cabeça do site


Tenho a imensa honra de ter, entre meus amigos, esse ´velho akiteiro´... e como fui eu quem fez o site, me dou licença de explicar que a cabeça que aparece no site é do Saiko... e porque Saiko?

Conheci o Sollero em 2000, quando havia, em pista, uma geração sensacional de akitas: Gaiko, Arawashi, Saiko em SP. De Porto Alegre vinham os Yamadas da Kenia e lindos do Tibiquary Pedro Lang. Foram anos de enorme disputa - dentro e fora das pistas... e neste ambiente conheci Sollero.

E passei a prestar atenção aos akitas em nome da amizade que nos une desde então. Gaiko, Arawashi e Saiko viraram, para mim, o padrão da raça em movimento. Se tinham defeitos - e provavelmente tinham - para mim eram irrisórios perto da qualidade que demonstravam. O mesmo valia para o Sollero! Polêmico, briguento, mas acima de tudo, um grande estudioso da raça akita.

Como todas as raças, depois de um período tão incrivel de exemplares tão especiais, veio uma safra menos brilhante! Menos brilhante como a saúde do Sollero... que teimou em assustar por um bom tempo.

Foi quando em 2016, me chamou a atenção um outro akita... depois de muito tempo parei para ver a pista da raça. E lá estava o Sirius, do Sidney. Na hora lembrei dos velhos tempos de Akitagem... e, qual não foi minha surpresa quando o dono do cão me disse que o Sirius era Neto do Gaiko e bisneto do Saiko... criação do Sollero... mais uma vez estava ali a inspiração daquele akita sensacional.

Muitas pré-pistas depois, nossa amizade e minha admiração pelo Sollero só cresceu nestes quase 20 anos e espero que este site seja o recomeço da atividade de criação!

E por essa amizade, que começou pela cabeça do Saiko, fica aqui a explicação.

E quem não acreditar que akitas e bracos podem ser os melhores amigos, fica aqui o desafio: e quem quiser, que conte outra.


Mariana Saliola, Bracomaníaca e Akiteira de coração